O Jornal Analítico é um projeto profissional independente que busca através das notícias, opiniões e análises criar um senso crítico que amplie a capacidade de entendimento social do leitor. Sempre com a seriedade que o jornalismo profissional necessita. Amplie-se.

-Publicidade-

Tempestade de areia assusta no interior de São Paulo

0

Tempestade de areia atingiu várias cidades do interior de São Paulo e Minas Gerais. Entenda o fenômeno.

Tempestade de areia atingiu na tarde deste domingo (26) diversas cidades do interior do estado de São Paulo. Fenômeno foi registrado por moradores e gerou imagens impressionantes em municípios como Presidente Prudente, Franca, Jales, Araçatuba, Barretos e outras localidades da região. A tempestade de poeira também chegou a municípios de Minas Gerais.

Durante a passagem da enorme nuvem de poeira o dia chegou a virar noite com escuridão quase total em alguns municípios do interior paulista. As imagens permitem ver a areia sendo carregada pelo vento durante a tormenta.

Tempestade de areia

Ontem, formaram-se fortes áreas de instabilidade associadas ao calor no interior paulista, o que foi possível pelo aumento da umidade na região que garantiu a geração de nuvens de grande desenvolvimento vertical do tipo Cumulonimbus, capazes de gerar granizo e vento forte.

PUBLICIDADE

Como o tempo vinha muito seco com chuva escassa por semanas e em algumas cidades até por meses, o solo estava muito seco e com grande quantidade de poeira. Com as nuvens carregadas e o vento forte se formou a tempestade de poeira.

Tempestade de areia foi um haboob

O que se testemunhou em São Paulo e Minas Gerais é que se denomina mundialmente de haboob. Um haboob é um tipo de tempestade de poeira que se forma a partir de uma tempestade comum de chuva e vento. Eles geralmente são muito grandes e podem ter milhares de metros de altura e até 160 quilômetros de largura. Durante as tempestades tradicionais, o ar frio desce para o solo e se espalha radialmente. Era o caso do interior de São Paulo que é a área com seca mais intensa neste momento no território brasileiro,  de acordo com o Monitor de Secas da Agência Nacional de Águas (ANA).

Quando isso acontece em uma região árida ou semiárida, o vento pode levantar poeira, formando um haboob. Haboobs se formam muito rapidamente. Em questão de segundos, eles podem reduzir drasticamente a visibilidade. Isso significa que eles representam uma ameaça para os motoristas. É importante estar alerta durante um haboob porque os ventos fortes podem derrubar árvores e linhas de energia. Estas tempestades de areia geralmente acabam em algumas horas.

Mudanças ambientais

O fenômeno se formou por combinação de fatores ocasionados pelo homem e sua intervenção agressiva no meio ambiente.

Devido a pouca vegetação na área, fruto do avanço desenfreado do agronegócio que devasta a vegetação e deixa o solo desgarrado, aliado à forte estiagem, também ocasionada pelo desmatamento na região da amazonia que reduz a umidade transportada para a região sudeste do país possibilitando a precipitação de chuva, o fenômeno ocorreu.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

vinte + 1 =