O Jornal Analítico é um projeto profissional independente que busca através das notícias, opiniões e análises criar um senso crítico que amplie a capacidade de entendimento social do leitor. Sempre com a seriedade que o jornalismo profissional necessita. Amplie-se.

-Publicidade-

Neve em São Paulo: “um evento histórico de frio e neve”

0

Neve em São Paulo? Sim! Parece cena de filme, mas o fenômeno pode ocorrer essa semana em alguns pontos isolados do estado de São Paulo. Forte frente fria que se forma no Sul deve provocar o fenômeno.

Uma simulação do MetSul aponta condições favoráveis para que aconteça o fenômeno em locais “pouco acostumados a ver neve ou que não testemunham o fenômeno por décadas”, a partir desta quarta-fera (19).

A MetSul Meteorologia adverte para uma massa de ar polar enorme e muito intensa que vai atingir praticamente a metade do território brasileiro e grande parte da América do Sul nesta semana com potencial de ser um evento histórico de frio e neve.

Verdadeira bolha de ar antártico avançará pela Argentina e vai atingir pela sua trajetória continental o Sul, o Centro-Oeste, o Sudeste e parte do Norte do Brasil, além de Paraguai, Bolívia, Uruguai, Peru e mesmo Equador, Colômbia e Venezuela.

Neve em São Paulo
Imagem MetSul

PUBLICIDADE

Os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo devem ter uma forte queda de temperatura nos próximos dias. A queda de temperatura será ocasionada pela poderosa incursão polar com potencial histórico e de neve que afetará metade do Brasil.

O instituto MetSul afirma que a frente fria que está para chegar a partir de quarta (19), tem um potencial de ser “um evento histórico de frio e neve”. Evento tem forte potencial para causar neve em São Paulo.

As simulações

As simulações realizadas pelo MetSul, apontam diferentes previsões para a presença de neve.

Algumas simulações apontaram condições para o fenômeno apenas em regiões acostumadas com o mau tempo como Planalto Sul Catarinense, os Aparatos da Serra do Rio Grande do Sul, o Norte Gaúcho, pontos do Oeste e Meio-Oeste Catarinense e o Planalto de Palmas no Paraná.

neve em são paulo
Modelo canadense indicando muita neve em Curitiba e até na divisa com São Paulo – MetSul

Mas outras previsões mostram o fenômeno em locais pouco acostumados a ver neve como Uruguai, próximo a Buenos Aires e nas províncias argentinas de Santa Fé e Entre Rios, na maior parte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e no Sul do estado de São Paulo, que faz fronteira com o Paraná.

” A probabilidade de neve é altíssima, mas que hoje não se pode fazer projeções precisas de quantidade e localização exata do fenômeno. O que deve ser confirmado é que deve nevar”

Instituto MetSul

A neve por natureza é um fenômeno de difícil previsão e mesmo nos Estados Unidos, os meteorologistas encontram grande dificuldade em precisar as intempéries.

Anos atrás, por exemplo, a cidade de Nova Iorque foi parada totalmente por ordem da Prefeitura ao custo de bilhões de dólares por previsão oficial do Serviço Nacional de Meteorologia norte-americano que nevaria 50 cm a 75 cm, mas no fim do dia caíram poucos centímetros e o caso acabou sendo muito estudado e debatido na comunidade meteorológica.

neve em sao paulo
imagem divulgação

A partir de então, concluiu-se em diversos fóruns sobre a necessidade de se comunicar ao público e governos os diferentes cenários e as incertezas em prognósticos neste tipo de situação.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

doze + onze =