O Jornal Analítico é um projeto profissional independente que busca através das notícias, opiniões e análises criar um senso crítico que amplie a capacidade de entendimento social do leitor. Sempre com a seriedade que o jornalismo profissional necessita. Amplie-se.

-Publicidade-

Joe Biden eleito o 46º presidente dos EUA

0

Joe Biden eleito. Candidato do partido democrata é o novo presidente dos EUA: “É hora de deixar a raiva para trás e nos unirmos como nação”.

Joe Biden foi eleito o 46º presidente dos Estados Unidos na tarde deste sábado, segundo projeções de diferentes veículos da imprensa americana. Biden foi dado como vitorioso após assegurar sua vantagem no estado da Pensilvânia, somando 273 votos no Colégio Eleitoral, três a mais do que mínimo de 270 necessário para garantir a vitória nacional. A contagem de votos ainda não acabou e Biden deve ampliar sua vitória em cima de Donald Trump.

Com mais de 74 milhões de votos – recorde histórico – Joe Biden eleito presidente dos EUA, por nota, afirmou:

“Estou honrado e profundamente agradecido pela confiança que o povo americano depositou em mim e na vice-presidente eleita Kamala Harris”,

Joe Biden, 46º presidente dos EUA

Biden ainda em nota deixou claro que pretende apaziguar o clima de polarização e os extremismos que Donald Trump criou no país.

PUBLICIDADE

‘É hora de deixar a raiva para trás e nos unirmos como nação’

Joe Biden

Outro fato histórico na vitória democrata é o fato de Kamala Harris se tornar a 1ª mulher negra e de ascendência asiática a ocupar a vice-presidência dos EUA.

Joe Biden eleito - kamala harris
Joe Biden eleito – WILMINGTON, DE – AUGUST 13: Sen. Kamala Harris (D-CA) / Foto: Getty Images

Formada em Direito pela Hastings College of Law, da Universidade da Califórnia, Kamala foi a primeira afro-americana e primeira mulher a ocupar o cargo de Procuradora Geral do Estado da Califórnia antes de se eleger senadora em 2016 (segunda mulher de descendência negra a conseguir o feito). Hoje, ela quebrou outro paradigma: se tornou a primeira mulher a ocupar a vice-presidência dos EUA.

 “Esta eleição envolve muito mais do que @JoeBiden ou eu. É sobre a alma da América e nossa disposição de lutar por ela. Temos muito trabalho pela frente. Vamos começar!”

Kamala Harris on Twitter
Joe Biden eleito
Joe Biden eleito – Eleitora segura balões com os rostos de Biden e da vice, Kamala Harris, primeira mulher eleita para o posto nos EUA Foto: KEVIN LAMARQUE / REUTERS

Líderes mundiais parabenizam Joe Biden pela vitória

Líderes mundiais parabenizaram neste sábado o democrata Joe Biden pela vitória na eleição para a Presidência dos Estados Unidos. Os europeus, que viveram atritos com o presidente Donald Trump ao longo dos seus quatro anos na Casa Branca, foram os primeiros a se pronunciar.

 O presidente francês, Emmanuel Macron, ao felicitar Biden e Harris, afirmou que há “muito a fazer para superar os desafios de hoje”. Vamos trabalhar juntos!”, completou.

Outra líder europeia, a chanceler alemã, Angela Merkel, que já fez críticas veladas ao unilateralismo do republicano, disse no Twitter estar “ansiosa por uma futura cooperação com o presidente Biden”. “Nossa amizade transatlântica é insubstituível se quisermos enfrentar os grandes desafios de nosso tempo”, escreveu.

O premier britânico, o conservador Boris Johnson, que tinha um bom relacionamento com Trump, parabenizou Biden e, principalmente, Harris pelo que chamou de sua “conquista histórica”. Boris citou ainda, no Twitter, que, entre as prioridades para a cooperação entre os dois países, estão as mudanças climáticas, o comércio e a segurança.

O premier espanhol, Pedro Sánchez, por sua vez, desejou sorte aos futuros ocupantes da Casa Branca e disse que está pronto para cooperar com os Estado Unidos para enfrentar os grandes desafios globais.

Na mesma linha, o primeiro-ministro irlandês, Micheál Martin, afirmou que o democrata “tem sido um verdadeiro amigo” da Irlanda: a família do presidente eleito tem origens no país.

Os parabéns também vieram do premier do Canadá, Justin Trudeau, que lembrou a amizade entre os dois países e felicitou o recém-eleito e sua colega de chapa, Kamala Harris: “Nossos dois países são amigos íntimos, parceiros e aliados. Compartilhamos um relacionamento único no cenário mundial. Estou realmente ansioso para trabalharmos juntos”.

Felicidade para uns, tristeza para outros…

PUBLICIDADE

Enquanto diversos líderes mundiais parabenizam Joe Biden e Kamala Harris e reafirmam a cooperação entre os países; os líderes da China, Xi Jinping, da Rússia, Vladimir Putin, de Israel, Benjamin Netanyahu, e Jair Bolsonaro ainda não falaram, ao menos publicamente.

Embora no Brasil o governo federal tome uma postura pouco republicana e desagradável, assim como o Itamaraty, que escolheu o silêncio absoluto, líderes políticos se manifestaram nas redes sociais parabenizando a vitória de Biden.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia disse através de seu Twitter que a vitória do democrata “restaura os valores da democracia verdadeiramente liberal, que preza pelos direitos humanos, individuais e das minorias”.

O governador de São Paulo, João Doria, seguiu a mesma linha: “Feliz com a vitória do candidato eleito presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. Ele é um defensor da democracia e das relações multilaterais. Bom para os EUA, bom para o Brasil”.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

14 − 13 =