O Jornal Analítico é um projeto profissional independente que busca através das notícias, opiniões e análises criar um senso crítico que amplie a capacidade de entendimento social do leitor. Sempre com a seriedade que o jornalismo profissional necessita. Amplie-se.

-Publicidade-

Coronavírus e suas novas facetas.

0

As novas facetas do Coronavirus não param de surgir e demonstram a cada descoberta como o vírus ainda é desconhecido e perigoso. Os novos casos que surgem diariamente alertam sobre a gravidade e as complicações que o vírus causa no corpo humano.

Imagem retirada da revista Galileu
Imagem da Revista Galileu

Uma das novas descobertas  geram alertas pelo mundo todo e ao contrário do que se conhecia sobre seus efeitos leves e assintomáticos em crianças e adolescentes, surgem evidências que podem abalar essa idéia de segurança para as faixas etárias. A Síndrome  Inflamatória Multisistêmica Infantil (MIS-C) surge semanas após a infecção pelo vírus em crianças e adolescentes.

A Síndrome apresenta sintomas que começam com manchas na pele e evoluem para problemas cardíacos, renais e neurológicos, podendo levar à morte; Inglaterra, Itália e EUA reportaram cerca de 200 casos.

Ela ataca todos os principais órgãos e é proveniente de uma reação inflamatória anormal do organismo que pode ser fatal. Mais uma vez o vírus demonstra ser um vírus sistêmico e não respiratório, assim como citei em um artigo aqui publicado anteriormente, confira: Novos estudos apontam que vírus não é apenas respiratório, mas sistêmico.

PUBLICIDADE

Os primeiros estudos vieram da Inglaterra, onde crianças apresentavam quadros inflamatórios graves, com febre associada a sintomas dermatológicos, renais, neurológicos e cardíacos. Nos primeiros casos que surgiram, os médicos desconfiaram que fossem casos da Doença de Kawasaki—uma disfunção imunológica rara que afeta crianças menores de 5 anos. Essa desconfiança dos médicos foi reforçada por um estudo italiano que relatou um aumento no número de casos de uma doença “similar à Kawasaki” na província de Bergamo, Itália.

Porém notaram uma diferença entre as duas doenças. Adolescentes passaram a apresentar os sintomas antes só registrados em crianças, e todos eles haviam sido acometidos pela Covid-19, embora assintomáticos.

Foi através de estudos que descobriram essa nova Síndrome. A Síndrome Inflamatória Multisistêmica Infantil é causada pela reação anormal do sistema imunológico ao Coronavírus. Inflamação em vários órgãos e nos vasos sanguíneos, vasculite. A consequência é a redução da pressão sanguínea que causa uma aceleração nos batimentos cardíacos para suprir a queda da pressão sanguínea. Em um dos pacientes, os batimentos chegaram a 165 bpm em repouso, o dobro do normal. Tamanha elevação cardíaca pode causar morte.

MIS-C é aparentemente similar à “tempestade de citocinas”, um processo de hiper inflamação potencialmente fatal que ocorre em parte dos pacientes de Covid-19.   

Os pacientes foram internados em UTI e receberam tratamento com antiinflamatórios e imunossupressores.

Por isso, fique em casa! Evite o contágio de outras pessoas. Proteja-se e a quem você ama. Se necessário sair, tome todas as precauções possíveis para evitar a contaminação desse vírus que ainda tem muito a nos revelar. Já existem novas mutações sendo analisadas em um novo surto na China em que a duração dos sintomas é maior e a demora para eles aparecerem também, o que dificulta a identificação precoce e facilita a transmissão. A China possui um dos mais abrangentes sistemas de detecção e teste de vírus do mundo e ainda encontra dificuldades para conter o novo surto.

#Fiqueemcasa #colabore #vaipassar

Renan Aversani

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

20 − sete =