O Jornal Analítico é um projeto profissional independente que busca através das notícias, opiniões e análises criar um senso crítico que amplie a capacidade de entendimento social do leitor. Sempre com a seriedade que o jornalismo profissional necessita. Amplie-se.

-Publicidade-

Covid-19: patente confirma eficácia de vacina chinesa da CanSino

0

Vacina da CanSino é uma das principais entre as tentativas chinesas de encontrar uma cura para a Covid-19;

Neste domingo (16), o jornal estatal chinês divulgou que o governo do país concedeu a primeira patente de vacina contra a Covid-19 para a CanSino Biologics Inc. A vacina chamada de Ad5-nCoV, da biofarmacêutica, já está na fase 3 dos testes.

Apesar da recente divulgação, a patente da vacina já havia sido registrada no dia 11 de agosto na Administração Nacional de Propriedade Intelectual da China.

Com a medida, a companhia, que é co-desenvolvedora do projeto em conjunto com a Academia de Ciências Militares da China, garante seus direitos de propriedade intelectual em relação às tecnologias empregadas.

Neste mês, a Arábia Saudita informou que planeja iniciar os testes clínicos de fase 3 para a potencial vacina da CanSino. A empresa disse que já está negociando com o Brasil, Chile e Rússia para lançar os testes nesses países.

PUBLICIDADE

O vacina desenvolvida pela CanSino se utiliza de uma técnica baseada na manipulação do vírus de resfriado comum, o adenovírus tipo 5 (Ad5), transportando o material genético do coronavírus para o corpo e assim criando os anticorpos para combater o vírus.

Em julho, pesquisadores chineses anunciaram que a vacina era segura e induziu resposta imune, segundo testes preliminares feitos em Wuhan, onde foram identificados os primeiros casos de Covid-19 no mundo.

Outra candidata chinesa, a Coronavac, da Sinovac, já está sendo testada no Brasil, também em fase 3. Nesta etapa, os testes são feitos para determinar, em maior escala a eficácia de uma vacina contra uma doença.

Vacina chinesa da CanSino contra Covid-19
Vacina candidata da CanSino Biologics para a Covid-19
Foto: China Daily via Reuters

Patente reforça diferenciais da potencial vacina

De acordo com o Global Times, a CanSino se pronunciou nesse domingo (16), dizendo que a concessão da patente confirmou a eficácia e a segurança da vacina, aumentando a confiança internacional na solução desenvolvida na China.

Xu Xinming, um advogado de Pequim especializado em direitos de propriedade intelectual, disse ao Global Times que a China tem um sistema de patentes comparativamente rigoroso e completo, exigindo que uma tecnologia ou produto seja fundamentalmente diferente de tecnologias e produtos similares existentes em todo o mundo para receber a patente.

“A concessão da patente demonstra a originalidade e criatividade da vacina”, disse Xu, observando que a CanSino também está provavelmente solicitando uma patente com autoridades estrangeiras para proteger seus direitos comerciais internacionais.

89% dos brasileiros querem se vacinar contra Covid-19; 9% não querem

Uma pesquisa da Datafolha, realizada nos dias 11 e 12 de agosto, aponta que a grande maioria dos brasileiros querem se vacinar contra o novo coronavírus, assim que a vacina estiver disponível para a população. Mas acredite, há brasileiros que não querem ser imunizados.

Não foi perguntado o motivo pelo qual os 9% não optariam pela vacinação, mas sabemos que há muita desconfiança quando o assunto é vacina chinesa.

Devemos lembrar que a vacina CoronaVac, está sendo produzida no estado de São Paulo, em parceria com o Instituto Butantã e já foi testada em humanos. Até o momento os testes são positivos.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

catorze − 11 =