O Jornal Analítico é um projeto profissional independente que busca através das notícias, opiniões e análises criar um senso crítico que amplie a capacidade de entendimento social do leitor. Sempre com a seriedade que o jornalismo profissional necessita. Amplie-se.

-Publicidade-

Avó de Michelle Bolsonaro morre de Covid-19 no DF

0

Infectada por covid-19, avó de Michelle Bolsonaro, estava na UTI de um hospital público desde o dia 3 de julho. Ela faleceu na madrugada desta quarta-feira (12).

A senhora Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 80 anos, avó da primeira-dama Michelle Bolsonaro, morreu vítima da Covid-19, na madrugada desta quarta-feira (12), no Hospital Regional de Ceilândia, no Distrito Federal. A idosa estava internada na UTI desde o dia 3 de julho.

avó de Michelle Bolsonaro morre hoje vítima de covid-19
Hospital Regional de Ceilândia, onde a avó de Michelle Bolsonaro faleceu vítima de Covid-19

Maria Aparecida, foi encontrada caída na rua, por moradores da região de Ceilândia no dia 1º de julho. Essa informação está no próprio prontuário médico da paciente. A região de Ceilândia é a que concentra o maior número de casos de coronavírus no Distrito Federal, com registro de 15.203 de infectados.

A idosa foi levada então ao hospital com falta de ar. No mesmo dia, ela foi encaminhada para a UTI do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM).

PUBLICIDADE

A avó de Michelle Bolsonaro permaneceu em tratamento intensivo durante toda a internação. Ela apresentou instabilidade no quadro clínico nas últimas semanas, chegando a registrar melhora por duas vezes. No dia 3 de agosto, Maria Aparecida deixou a entubação e respirava com ajuda de máscara de oxigênio, sendo transferida novamente para o Hospital Regional de Ceilândia.

Hoje (12) a paciente veio a falecer entrando para a triste estatística de 103 mil vítimas do novo coronavírus.

A morte da avó da primeira-dama ocorreu um dia após Michelle Bolsonaro informar, por meio das redes sociais, que já estava recuperada da Covid-19. Michele foi infectada após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) também ser contaminado, sendo diagnosticada com o vírus no dia 30 de julho. O presidente havia informado seu diagnóstico no dia 7 de julho, afirmando que seu exame tinha dado positivo.

Coronavírus no Distrito Federal

Desde o início da pandemia, o DF registrou 1.815 mortes por Covid-19. Somente nesta terça (11), a Secretaria de Saúde confirmou 53 novos óbitos pela doença. Trata-se de um recorde em 24 horas, já que o maior registro anterior era de 52 casos em um dia.

Ao todo, são 127.484 infectados. Desse total, 112.379 (88,2%) pessoas estão recuperadas do vírus na capital.

Dona Maria Aparecida é mais uma das 103 mil vítimas da política de enfrentamento da covid-19, do governo Bolsonaro.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

5 × 3 =