O Jornal Analítico é um projeto profissional independente que busca através das notícias, opiniões e análises criar um senso crítico que amplie a capacidade de entendimento social do leitor. Sempre com a seriedade que o jornalismo profissional necessita. Amplie-se.

-Publicidade-

Após depoimento de Queiroz, Procurador está convencido de que operação Furna da Onça vazou

0

Após segundo depoimento de Queiroz, nesta quinta (02), o procurador da República Eduardo Benones disse estar convencido de que operação da PF, Furna da Onça, vazou.

Fabrício Queiroz, ex- assessor de Flávio Bolsonaro que foi preso dia 18 de Junho por estar atrapalhando as investigações relacionadas às práticas de Rachadinhas nos gabinetes de Deputados da Alerj, deu seu segundo depoimento ao Ministério Publico Federal do Rio de Janeiro nesta quinta-feira (2).

Deflagrada em novembro de 2018 pela Polícia Federal, a operação Furna da Onça investigou esquemas de corrupção no parlamento fluminense e levou dez deputados estaduais do Rio à prisão.

Furna da Onça
Operação Furna da Onça – Jornal Grande Bahia

Um relatório sobre movimentações financeiras consideradas atípicas pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) usado na investigação citava Queiroz e seu ex-chefe, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) como praticantes da Rachadinha, que desviava salários de seus funcionários de gabinete.

PUBLICIDADE

O relatório do Coaf serviu como fonte de dados para a investigação Furna da Onça, que parece realmente ter sido vazada e se isso se confirmar, beneficiado Flávio Bolsonaro nas investigações e seu pai, Jair Bolsonaro (sem partido) nas eleições em 2018, visto que o vazamento deu oportunidade de que Flavio e o presidente mandassem embora Queiroz e a filha, de seus respectivos gabinetes antes de explodir a operação. Fato ocorreu antes do segundo turno das eleições, o que prorrogou a investigação para novembro.

A investigação sobre o vazamento foi aberta após entrevista do empresário Paulo Marinho ao jornal Folha de S. Paulo. Segundo ele, que é suplente do senador Flávio Bolsonaro, afirmou que Flávio e seu pai se beneficiaram de informações passadas por um delegado da Polícia Federal, que teria avisado ao político que Queiroz e a filha apareciam nas investigações.

Relembre os detalhes da denúncia sobre o vazamento da operação clicando aqui

Informação obtida pela CNN Brasil

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

14 − 14 =